Make your own free website on Tripod.com

Resposta da Pergunta Nº 22 :

Da mesma forma que a luz é refratada nas sete cores do espectro ao passar pela nossa atmosfera, assim também, os espíritos que estão diferenciados em Deus são refratados em sete grandes raios. Cada classe está sob a direção e domínio direto de um dos Sete Espíritos diante do Trono, que são as divindades planetárias, os Anjos Estelares. Todos os Espíritos Virginais mesclam-se continuamente em suas sucessivas encarnações a fim de poder adquirir as mais variadas experiências. No entanto, aqueles que emanaram do mesmo Anjo Estelar são sempre almas irmãs ou almas gêmeas, e quando procuram a vida superior precisam empreender o caminho de iniciação através de uma morada composta de membros do mesmo raio dos quais se originaram. Portanto, retornam à fonte primeira. Em conseqüência disso, todas as escolas iniciáticas são divisíveis em sete, uma para cada classe de espíritos. Essa foi a razão pela qual Jesus disse aos seus discípulos: "Vosso Pai e eu". Ninguém achegou-se tanto a Ele como os seus discípulos, a não ser os pertencentes ao mesmo raio.

Da mesma forma que os outros mistérios, esta maravilhosa doutrina foi aviltada, dando-se a ela uma idéia só física ou material, como acontece na concepção popular de almas gêmeas ou afins, quando se diz que um é masculino e outro é feminino. Freqüentemente, cada um pode encontrar alguma outra pessoa além do cônjuge. Nestes casos, a doutrina das almas gêmeas serve como justificativa para encobrir a fuga e o adultério. Esta é uma perversão abominável. Cada espírito é completo em si mesmo, assume um corpo masculino ou feminino em diferentes épocas a fim de aprender as lições da vida. É apenas durante o presente estágio do seu desenvolvimento que a característica do sexo existe. O Ego existia antes do sexo, e persistirá depois de ter decorrido esta fase de sua manifestação.


V O L T A R