Make your own free website on Tripod.com

Resposta da Pergunta Nº 19:

Em primeiro lugar, devemos lembrar que o espírito não é masculino nem feminino, mas, como regra, manifesta-se nestas formas alternadamente. Todos nós temos sido tanto homens como mulheres. Portanto, não pode haver dúvidas quanto à questão da desigualdade, se considerarmos a vida de uma perspectiva mais ampla. Certas lições precisam ser aprendidas pelo espírito a cada etapa, e só podem sê-lo do ponto de vista de uma mulher, e outras lições só o serão através da encarnação num corpo masculino. Então, necessariamente, deverá ocorrer a mudança de sexo. Algumas vezes, por certas razões, acontece que uma pessoa deva apresentar-se como homem em várias encarnações. Se resolver assumir a aparência feminina, poderá destoar consideravelmente. Nesse caso teremos uma mulher muito masculina, provavelmente uma sufragista de natureza militante. Por outro lado, um espírito pode ter assumido por várias encarnações uma forma feminina e pode apresentar-se como um homem de natureza muito efeminada. Mas, mesmo na hipótese de encarnações alternadas, muitos dentre nós, provavelmente, encarnamos em Roma em sexo opostos, pois, se tomarmos em consideração a Lei de Conseqüência, o tratamento dado às mulheres pelos homens daquela época foi tal que levou estas mulheres romanas, hoje encarnadas como homens, a não fazer muitas concessões a seus antigos senhores.


V O L T A R