Make your own free website on Tripod.com

 

Crianças

 

 

 

Criar e educar crianças é ainda a maior contribuição que podemos dar à vida de um país. O recente aumento da delinqüência infantil e juvenil é um desafio para todos que têm a responsabilidade de encontrar um meio de reduzi-la

Quando encaramos o Espírito como sendo eterno e toda a vida terrena como sendo um acontecimento no tempo, as deferentes fases de nossas existências terão maior sentido. "Nunca o Espírito teve começo, o Espírito nunca cessará de ser; nunca houve um tempo em que era". Ao meditar sobre as palavras de Sir Edwim Arnold, temos a percepção real de como o tempo é efêmero em oposição à consciência de Deus. Talvez a compreensão disto possa ajudar-nos a entender aqueles que atravessam uma fase difícil na fase de seu crescimento.

O registro da vida física de uma pessoa sobre a Terra é iniciado quando o recém-nascido aspira o primeiro sopro de vida, e este processo continua até o último suspiro exalado. Quando a criança, pela primeira vez, respira plenamente, as condições fisiológicas do coração são alteradas, a forma ovalada é fechada e o sangue é forçado a circular através do coração e dos pulmões. Através do contato do sangue com o ar nos pulmões, ela é capaz de absorver a imagem ao seu redor. O sangue é o veículo do Ego e, quando completa o seu trajeto no coração, deixa uma marca no átomo semente do coração, que está localizado em seu ventrículo esquerdo. Sobre esta superfície infinitesimal são gravadas todas as imagens do mundo exterior que transcorrem durante uma vida.

Como estudantes do ocultismo, aprendemos que nos primeiros sete anos de vida da criança somente os pólos negativos dos éteres no Corpo Vital são ativos. Por isso, as faculdades da visão e da audição, as quais dependem das forças negativas dos éteres luminoso e refletor, torna a criança "toda olhos e ouvidos" . Para o desenvolvimento da criança é extremamente proveitoso que os pais prestem atenção mesmo numa idade bem prematura, às cores que acercam e, mais importante ainda, ao som e ao ritmo que a criança ouve. Isto é altamente válido no decorrer dos primeiros sete anos de sua vida. O som é o grande construtor cósmico e a música deve expressa o som de uma maneira melódica e harmoniosa. As canções de ninar têm justamente uma melodia e um ritmo adequado e quando cantadas por uma mãe dedicada ajudarão muito na construção do corpo do filho.

Um dos fatores de maior importância neste período inicial de vida, é que as crianças são grandes imitadoras. Temos que compreender que a mente individualizada não começou ainda a funcionar, e que as suas principais fontes de aprendizado são as ações dos que a rodeiam. Por isso, é indispensável que sejamos cuidadosos em nossa conduta e nada lhes forneçamos de errado que possam imitar e que, mais tarde, venha a constranger-nos.

A conduta de nossas crianças na vida futura depende, em grande parte, do exemplo que lhes tenhamos dado quando estavam na idade impressionável de recebimento passível.

Walt Whitman, poeta americano do século XIX, amante da natureza e profundo religioso, diz nesses seus versos encantadores:

" Havia uma criança que se desenvolvia todos os dias,

E o primeiro objeto que ela olhou, nesse objeto se tornou,

E esse objeto tornou-se parte dela naquele dia

Ou determinada parte do dia.

Ou por muitos anos, ou ainda estendendo-se por ciclos de anos".

A mente de uma criancinha é semelhante a uma folha em branco onde qualquer coisa que for escrita parecerá clara e pura, e essa impressão sempre será lembrada e terá efeito sobre a pessoa.

Ao sete anos de idade o Corpo Vital é despertado, e a memória e a percepção passam a desempenhar papéis fundamentais. Nesse período a criança é imparcial e desprovida de idéias preconcebidas. Por essa razão é mais fácilmente educável que em qualquer outra época, pois tem confiança em seus pais, em seus professores, e aceitará a autoridade deles. Durante esse período e algum tempo antes do nascimento do Corpo de Desejos, a criança deveria aprender alguma coisa sobre a origem do ser. A natureza dá-nos grandes demonstrações e exemplo ensinando como as espécies são geradas tanto nas plantas como no reino animal. Quando a criança for assim orientada e os educadores considerarem sua própria capacidade de entendimento e responderem sempre à suas indagações, estará ela preparada para experimentar as mudanças que ocorrem durante o tempo de sua confusa adolescência. As crianças até os quatorze anos de idade são ainda de certo modo parte de seus pais porque na Glândula Timo está armazenada a essência do sangue dos pais, o qual a criança utiliza na fabricação de seu próprio sangue durante os anos da infância. A Glândula Timo do bebê é maior antes do nascimento e diminui com o passar do tempo. Por volta do décimo quarto ano, o Ego está pronto para auto-afirmar-se e é capaz de fabricar seu próprio sangue. Ele torna-se uma identidade: "Eu".

É chegado o momento dos pais e professores serem tolerantes e sentirem simpatia pelo jovem em desenvolvimento e que enfrenta vários problemas. Se ele tiver aprendido a confiar e amar os mais velhos, seguirá seus conselhos e os risco dessa fase não serão tão sentidos. Sentimentos e paixões explodem nesse momento, quando nasce o Corpo de Desejos individual. A mente individualiza ainda não se manifestou e nada reprime a natureza do desejo. É fácil, nesse período, o adolescente ser levado a hábitos indesejáveis que podem ter resultados desastosos.

Os pais e professores devem manter sempre boas relações com ele demonstrando um interesse bondoso e uma compreensão amorosa.

É a época em que se deve ensinar ao jovem a observar, a aprender o valor que uma investigação minuciosa de tudo sobre o qual ele deseja formar uma opinião. Deve aprender também que "quanto mais fluídicas mantiver suas opiniões, melhor poderá examinar novos fatos e adquirir novos conhecimentos" .

A Astrologia, a ciência das estrelas, é de grande ajuda na educação das crianças, porque as estrela são o relógio do destino e mostram as tendências ocultas. Quando nós as conhecemos, podemos avaliar e antever suas ações e reações, e o nosso conselho aos filhos será mais sensato do que e não tivéssemos esse conhecimento. É sempre melhor que os pais aprendam a fazer e a ler horóscopo, porque um estranho raramente pode transmitir o mesmo e profundo discernimento que os pais recebem quando fazem isso. Qualquer pessoa que esteja interessado, pode aprender a fazer um horóscopo. Basta Ter uma inteligência mediana, tempo para aprender e a compreensão de essa leitura deverá ser usada somente como referencia para evoluir. Caráter é destino e pelo conhecimento das tendências do caráter de uma criança, podemos reforçar suas boas inclinações e ajudar a eliminar as más.

Somos propensos a culpar os pais pelo caráter da criança, mas a teoria da hereditariedade não se aplica ao plano moral. Toda a pessoa é munida de sua própria natureza intelectual e moral. Somente o material para o corpo físico é tomado dos pais. Somos atraídos e levados até os pais pela Lei de Causa e Efeito e pela lei de associação. Isso seria responsável por semelhanças de gostos, mas não podemos culpar a hereditariedade por nossos erros, pois eles são nossos para admiti-los e extirpá-los.

No seu livro Princípios Rosacruzes para Educação das crianças - página 19, Max Heindel nos diz:

"Através dos anos da infância, tanto o sangue como o corpo sendo uma herança dos pais, fazem com que as tendências para as doenças também estejam presentes. Não as doenças propriamente, mas apenas tendências . Após os quatorze anos fica dependendo, em grande parte do próprio Ego, a manifestação ou não dessas tendências em sua vida".

 

HOME

TEMAS ROSACRUZES

MAPA DO SITE