Make your own free website on Tripod.com

 

O ABORTO

O aborto é um assunto em evidência, tema de permanente discussão entre pessoas, através de todos os veículos de comunicação e discutido até na Justiça. É necessário que os estudantes das verdades mais profundas da vida sintam-se inteiramente conscientes da necessidade imperativa de uma maior compreensão dos fatores e das deploráveis conseqüências desta prática não cristã.

Em alguns países, o aborto foi legalmente permitido somente se o bem-estar da mãe assim o exigisse. É do conhecimento de todos que o aborto foi e é, muitas vezes, executado ilegalmente e de maneira não científica, sendo este, sem dúvida, um dos fatores que levou ao movimento de legalização do aborto nos Estados Unidos. Mas, tornando-o "legal", de forma alguma diminuem as implicações morais, embora possa reduzir a proporção de casos onde ocorram danos e perigos físicos à mãe.

Em sua histórica decisão, a Corte americana sustentou que a proibição do Estado quanto ao aborto seria uma invasão inconstitucional na vida privada da mulher, uma vez que o único interesse legítimo do Estado, nesse assunto, seria certificar-se de que o aborto, como um "processo médico", se desenrolasse sob circunstâncias adequadas para a segurança da paciente. Isto, naturalmente, iria requerer os serviços de um médico diplomado. Além disso, na opinião da Corte, o Estado só pode, constitucionalmente, tomar providências para proteger a criança não nascida depois que o feto em desenvolvimento tenha alcançado o estágio de "vida independente". Evitando a pergunta crucial de quando a "vida independente" começa no corpo em formação, a Corte, o poder judiciário, neste momento a serviço do desenvolvimento do conhecimento do homem, não está em posição de especular uma resposta".

Uma vez que este assunto é de importância vital para toda a raça humana, tanto para a presente quanto para a futura, e como suas conseqüências são tão ilimitadamente deploráveis e contrárias ao desenvolvimento espiritual, todo indivíduo adulto certamente se beneficiaria se considerasse o assunto de maneira aberta, em todos os seus aspectos físicos e espirituais. A referência da Corte ao "neste momento a serviço do desenvolvimento do conhecimento do homem" deve referir-se apenas ao conhecimento que é aceito pelo público. Felizmente, existem seres humanos que já progrediram o bastante espiritualmente para terem adquirido conhecimento ainda não aceito pela maioria da humanidade. Entre estes avançados estão os Irmãos Maiores da Ordem Rosacruz, adeptos que trabalham constantemente para o bem-estar da humanidade e que divulgaram os Ensinamentos da Sabedoria Ocidental em seus esforços para contra atacar os insidiosos efeitos do materialismo e para ajudar a evolução espiritual em geral.

Sobressaem-se, entre as verdades dos Ensinamentos, a teoria do Renascimento e a Lei de Conseqüência. A teoria do Renascimento ensina que cada Ego é uma parte integrante de Deus e está desenvolvendo todas as possibilidades divinas, assim como a semente desenvolve-se numa planta e que, através de repetidas existências em corpos cada vez mais desenvolvidos, essas possibilidades latentes vão-se expandindo em poderes dinâmicos. Ninguém se perde neste processo e toda a humanidade alcançará a meta da perfeição e da religação com Deus. O que somos, o que temos, todas as nossas boas qualidades são o resultado das nossas ações passadas. O que nos falta ainda é uma superioridade física, mental e que poderá ser nossa no futuro. O que semeamos, colhemos. Cada vida nos fornece experiências essenciais para nosso progresso. Se não nos é permitido renascer em um corpo físico, não temos experiências.

A idéia geralmente aceita sobre "matar" (com exceção das mentes muito materialistas que aceitam somente a Forma) é que a "vida" acaba simplesmente porque o corpo não é mais capaz de funcionar. Isto é um erro. A vida é eterna, como ensina tanto a Bíblia quanto a ciência oculta, e o Espírito individual que habita o corpo ou que está começando a habitá-lo, não pode ser destruído. A Forma física, como ele tem que viver na Terra para ganhar a experiência necessária para seu progresso, pode ser e é, muitas vezes, destruída. Fazer isto é tão repreensível quanto quebrar qualquer uma das leis espirituais que governam nosso Universo." Tu não matarás" é uma lei básica para a humanidade e embora ela se refere à "Forma", aqueles que a desafiam pelo aborto ou por outro meio devem, no futuro, pagar uma pesada multa.

Outro ponto muito útil que deve ser considerado em conexão com a prática do aborto é a santidade do poder criador no ser humano. Este poder é o Espírito Santo de Deus e do homem, a que se refere a Bíblia em vários lugares, (Mat.1:18, Marcos 1:8, Lucas 1:15, João 14:26, Atos 2:4, etc.), poder que é usado para criar não só corpos físicos mas também, em grau mais elevado, talentos em literatura, poesia, arte, música, ciência, etc. O mau uso deste poder santo para a gratificação dos sentidos é a "grande transgressão" mencionada no Salmo 19:13. Este é o "pecado" (ação contrária à lei espiritual) que não é perdoado mas precisa ser reparado através de sofrimento em corpos e mentes doentes e incapacitadas. Como Cristo Jesus disse explicitamente: "Todo pecado e blasfêmia serão perdoados ao homem; mas a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada ao homem" (Mat. 12:31).

Quando consideramos o intrincado e maravilhoso processo que se desenrola nos mundos invisíveis, envolvendo as atividades de Anjos e seus auxiliares para trazer um Ego de volta a um corpo físico, e todas as causas e efeitos passados que entram neste evento, não é concebível destruir o veículo criança que está em formação. Vamos contar, rapidamente, como a ciência oculta descreve este processo.

Depois de ter sido fortalecido na inefável harmonia do mundo superior chamado Terceiro Céu (mencionado por São Paulo em II Coríntios 12:2), o Ego tem um desejo por novas experiências no Mundo Físico e começa a contemplar um novo nascimento. Isto faz aparecer uma série de quadros diante da visão do Espírito - um panorama de uma nova vida reservada para ele, contendo os principais eventos que começam no berço e terminam no túmulo. Em alguns casos, vários panoramas podem ser mostrados, de maneira que o Ego possa ter uma escolha.

Tendo escolhido a vida que viverá, o Tríplice Espírito (Divino, de Vida e Humano) está despido de veículos, possuindo somente as forças dos quatro átomos-sementes, isto é, o núcleo do Tríplice Corpo (denso, vital e de desejos) e a mente, o Ego começa sua descida para o Mundo Físico. As forças da mente da última vida, latentes no respectivo átomo-semente, são despertadas e começam a atrair matéria da subdivisão mais elevada da Região do Pensamento Concreto. O mesmo acontece com o átomo-semente que, de cada região, toma apenas o material com que tenha afinidade. Esta matéria adquire a forma de um grande sino, com a base aberta para ao Terra e o átomo-semente na cúspide. Quando chega o momento apropriado, a construção do novo coro e sua colocação no ambiente adequado é realizada pelos grandes Seres conhecidos como os Senhores do Destino. O corpo vital é construído pelos habitantes do Mundo Celeste e pelos Espíritos da Natureza de maneira a formar um tipo particular de cérebro. Contudo, o próprio Ego que renasce incorpora em si mesmo a quintessência de seus corpos vitais anteriores e, além disso, realiza um pequeno trabalho original, aquele que não é determinado por ações passadas. O corpo vital, tendo sido modelado pelos Senhores do Destino, dará forma ao corpo denso, órgão por órgão. Este molde vital é, então, colocado na matriz, no útero da futura mãe. O átomo-semente do corpo denso está na cabeça triangular de um dos espermatozóides do sêmen do pai.

Quando acontece a impregnação do óvulo, o corpo de desejos da mãe trabalha sobre ele por um período de dezoito a vinte e um dias, sendo que o Ego permanece for a da matriz, em seus corpos de desejos e mental, sempre em íntimo contato com a mãe. Após estes período, o Ego entra no útero da mãe. Os veículos, em forma de "campânula" juntam-se sobre a cabeça do corpo vital e a "campânula" fecha-se na base, tomando uma forma ovóide. Realizado isto, o Ego encontra-se definitivamente ligado e envolvido pela carne e já não pode mais sair, ficando ligado à mãe até o momento do nascimento. No atual grau do nosso desenvolvimento, o Espírito influencia, conscientemente, muito pouco seu futuro veículo, mas está presente todo o tempo e ajuda inconscientemente na formação de seu instrumento. Começa para o Ego, a nova vida terrestre.

A FRATERNIDADE ROSACRUZ é, veementemente, contra o aborto pelo respeito sacrossanto à vida e crê que o aborto é um atentado contra esta própria vida.

CRÊ que o aborto é uma interferência de caráter destrutivo, é uma violação às leis naturais, às leis da Natureza e quando refere-se à Natureza, refere-se a Deus.

CRÊ que tudo no Universo é planejado e tem um propósito, portanto, o nascimento, a vida e a morte obedecem a traçados muito sábios que correspondem a todas as necessidades do homem em evolução, visando o seu progresso, o seu crescimento anímico, a dilatação de sua consciência e o seu bem final.

CRÊ que cada vez que o Espírito renasce para mais um dia de aprendizado na Escola da Experiência, que é a vida física, tem ano, mês, dia, hora e local para cumprir o seu destino, para aprender as lições que precisa e dar mais um passo no caminho em espiral, evolutivo, rumo à perfeição.

CRÊ que a evolução é a história do progresso do Espírito no tempo e só se consegue esta história através das várias experiências na Terra, vivendo a vida.

CRÊ que uma vida é concebida e preparada muito antes da sua formação no ventre materno.

CRÊ que o corpo físico, que se forma durante os meses de gestação, é o instrumento de trabalho para o Ego que o guia.

CRÊ que interromper o processo da gestação é:

Contrariar os planos de Deus.

Rebelar-se contra o Criador.

Violar uma lei básica da Natureza.

Atentar contra a vida e a trajetória de um Ser.

Repudiar um Espírito que desce ao ventre materno para o renascimento.

Sujeitar-se à Lei de Conseqüência.

CRÊ na imortalidade do Espírito, portanto, a Fraternidade Rosacruz é contra o aborto que considera um ASSASSINATO, da mesma forma que é contra a pena de morte e o suicídio, todas estas atitudes causam um sofrimento lamentável e um rompimento desastroso na trajetória eterna de um SER.

CRÊ que, quando os Ensinamentos Cristãos relativos à verdadeira natureza do nascimento forem mais conhecidos, quando houver maior conhecimento e consciência do trabalho de cada EGO antes de renascer, e quando houver um entendimento mais elevado da finalidade de um renascimento, então, cada pessoa esclarecida sobre este assunto, será totalmente CONTRA O ABORTO.

 

HOME

TEMAS ROSACRUZES

MAPA DO SITE