Make your own free website on Tripod.com

 

CONCENTRAÇÃO, MEDITAÇÃO, ORAÇÃO



Concentração, Meditação e Oração são esforços do Espírito no homem, para que ele possa elevar-se acima da simples reflexão material, que consiga compreender a eternidade de todo Bem e que encontre aquela centelha vital do Deus interno que é inerente a todo ser humano.

Concentração:

A habilidade de concentrar a mente é essencial ao progresso espiritual porque capacita a pessoa a adquirir domínio sobre o corpo de desejos e, finalmente, a entrar em contato consciente com os mundos invisíveis. Para aprender a arte da concentração, precisamos fixar nossa atenção em um foco e manter nosso pensamento sobre esse único objeto ou condição. Precisamos entender que o pensamento força é nosso poder principal e devemos aprender a ter controle sobre ele. Isto não é fácil de ser conseguido, mas uma tentativa neste sentido deve ser feita e será valiosa para nós. É imperativo que tenhamos o controle de nossos pensamentos pois, se não o conseguirmos, esse poder fluirá sem objetivo, nada realizando. Quando aprendermos a focalizar uma só coisa, excluindo todas as outras, tornamo-nos capazes de aumentar nosso poder de pensamento e nossa capacidade de usá-lo eficazmente. Obteremos, então, qualidade e diminuiremos a quantidade dispersiva.

Durante a concentração, os sentidos do homem estão inativos, como se estivessem no mais profundo sono, mas, ao mesmo tempo, o Espírito permanece dentro do corpo com total controle de todas as suas faculdades. O aspirante aprende a absorver-se, à sua vontade, em qualquer assunto. No livro MISTÉRIOS ROSACRUZES é-nos dito que é mais fácil aprender a arte da concentração enquanto estamos vivendo no mundo físico. O corpo denso é uma âncora e um escudo contra as influências perturbadoras das condições voláteis, fluídicas dos mundos superiores. Portanto, devemos desenvolver a faculdade de concentração no mundo físico onde a matéria serve como um freio equilibrador. Quando percebermos o valor da arte da concentração, ficaremos ansiosos por praticá-la diariamente. Max Heindel aconselha-nos que aproveitemos o tempo que gastamos em um ônibus ou em lugares semelhantes, quando a mente tem uma oportunidade para divagar e usemo-la para a concentração sobre um objeto ou um ideal. Um ônibus barulhento, talvez repleto de passageiros, não parecerá ser o melhor lugar para a prática da concentração, no entanto, advertiu-nos que aprenderemos melhor sob tais condições adversas, porque conseguindo ser bem sucedidos sob tais dificuldades, acharemos mais fácil reunir nossos pensamentos em uma simples direção quando tivermos necessidade de uma concentração mais profunda. Como regra, nossas mentes não conseguem ter um pensamento o tempo suficiente para poder penetrar em sua natureza e em seu significado completo. Obter controle do pensamento é uma grande conquista e todo aquele que conseguir esta difícil realização possuirá a chave para o sucesso, em qualquer campo que desejar.

Todos nós temos, às vezes, a necessidade urgente de enviar pensamentos altruísticos aos outros mas, não importa o quanto seja grande o nosso desejo de colaborar, somente os pensamentos concentrados têm a força de chegar a seu destino. Eles precisam estar reunidos em uma única direção para atingirem seu objetivo, exatamente como os raios do Sol que, concentrados em uma lente de aumento, produzem fogo. O aspirante à vida superior precisa aprender a controlar e a dirigir seus pensamentos e, através do esforço persistente, conseguir alcançar o seu intento, que deve ser a perfeita concentração do pensamento a qualquer momento que desejar.

A mera concentração pode ser um processo frio, intelectual, mas nós, do mundo Ocidental, somos orientados a aumentá-la, utilizando a meditação e a oração, em conexão com ela.

 

Meditação:

No que diz respeito ao exercício da meditação, Shakespeare habilmente fala de alguém:

DIVINAMENTE INCLINADO PARA A MEDITAÇÃO;

NENHUMA AÇÃO MUNDANA O REMOVERIA,

E DE SEU EXERCÍCIO SAGRADO,

NINGUÉM O TIRARIA.

No Conceito Rosacruz do Cosmos é dito que "O aspirante à vida superior consegue a união da natureza superior e inferior por meio da meditação". O aspirante sincero escolhe assuntos elevados em sua meditação, os quais revelam a natureza dos mundos superiores mostrando-lhe a realidade do BOM, do VERDADEIRO e do BELO. Seu desejo é sempre cultivar seu próprio EU SUPERIOR.

A concentração intensa constrói uma forma de pensamento vivente, uma imagem clara e verdadeira. Na meditação aprendemos muito sobre esta forma de pensamento, o exercício capacita-nos a relacionar-nos com esse mundo superior. Na concentração aplicamos toda nossa atenção sobre um assunto ou idéia. Na meditação juntamos todo conhecimento possível sobre este determinado assunto. A mente pondera e sonda, acrescentando sempre um pouco mais de informação e, como resultado, adquirimos um novo significado sobre esse objetivo ou idéia. Quando nos ligamos a este processo, por algum tempo, enriqueceremos nosso próprio mundo do pensamento, de tal forma que seremos capazes de alcançar novos campos de conhecimento e, em conseqüência, ganhar nova compreensão. Todas as verdades espirituais tornam-se mais claras quando as entendemos e assimilamos totalmente, uma por uma, e as palavras de nossa boca tornam-se mais sábias à medida que o tempo passa. Quando meditamos sobre conceitos inspiradores tais como Sabedoria e Compreensão e ponderamos sobre o significado e a realidade dessas palavras, entramos realmente em contato com forças que têm seu lar em esferas mais altas e mais puras do que as que nos cercam diariamente. Estamos conscientes que não devemos negligenciar nossos deveres e que, freqüentemente, temos que viver no meio de um mundo agitado e trabalhoso para adquirirmos a necessária experiência. Mas em qualquer circunstância, podemos e devemos tirar algum tempo para as silenciosas meditações diárias. Meditação em silêncio é uma verdadeira ajuda para ganhar crescimento anímico. Através desta prática estamos capacitados a construir este TEMPLO VIVO e entrar nele sempre que tivermos necessidade de restaurar a harmonia que almejamos ardentemente, este templo vivo que não é construído por mãos.

 

Oração:

Muito tem sido escrito sobre a oração, pois ela é universal. Desde as raças primitivas até as mais avançadas, toda oração é dirigida a um Grande Espírito, a um Ser Supremo, com temor e receio, ou com adoração e confiança. A origem divina do homem faz-se sentir na ocasião da prece e a centelha divina em cada um de nós aspira reconhecer a fonte elevada que nos anima. No passado, o homem rezava para o Deus de Raça. Pedia a Ele para ajudá-lo a vencer suas batalhas, para aumentar seus rebanhos e para uma boa colheita. Como Cristãos, rezamos para a purificação de nossa alma e para a elevação da humanidade.

O homem aproxima-se de Deus na confissão, na súplica na adoração mas, sente também a necessidade de pedir-Lhe por seu sustento material. Algumas vezes queremos saber como deveriam ser nossas preces. A resposta é que "devemos livrar-nos da idéia de que todas as vezes que nos aproximamos de nosso Pai no Céu temos que pedir-lhe alguma coisa". O aspirante zeloso não pedirá coisas materiais. Ele poderá pedir iluminação espiritual, mas quando este objetivo elevado é alcançado, a iluminação deverá ser usada de forma a beneficiar os outros.

Na verdade, invocação por coisas temporais é magia negra. Foi-nos dada a promessa: Procurai primeiro o Reino de Deus e Sua justiça e todas as coisas vos serão acrescentadas. Cristo Jesus indicou o limite na Prece do Senhor quando Ele ensinou Seus discípulos a dizer: "O pão nosso de cada dia nos dais hoje".

Quando nos aproximamos do Trono em louvor e adoração, estamos no estado receptivo que nos leva para mais perto de nosso ideal, onde podemos experimentar uma efusão radiante e gloriosa do espírito. Então, por essa experiência nova, aprendemos que a oração é um Método poderoso usado para aperfeiçoar nossa capacidade de reconhecer a Luz Divina.

Quando unimos nossas preces às preces daqueles que têm a mesma disposição, muito pode ser conseguido. A oração coletiva em lugares de culto é valiosa quando efetuada em uma atmosfera de reverência e silêncio. Mas, se não podemos ter esta harmonia e cooperação pacífica em lugares sagrados, é melhor fazermos como Cristo aconselhou: "Entre em teu aposento particular e reza em segredo". Deus conhece nossos pensamentos ocultos e a sinceridade de nossos motivos. É bom rezar sempre no mesmo ambiente, se isto for possível, e podemos dedicar um lugar em nossa casa, mesmo que seja pequeno, para o culto diário. Aqui podemos construir o Templo Invisível, aumentando, dia após dia, esta atmosfera espiritual e, com o tempo, este lugar será para nós, um lugar sagrado.

Se reconhecemos que "todo desenvolvimento espiritual começa com o corpo vital", compreenderemos porque é-nos dito na Bíblia que rezemos sem parar. A nota-chave do corpo vital é REPETIÇÃO e os pensamentos puros e elevado da nossa mente limpam e purificam este veículo. Através da oração fervorosa e repetida, podemos adquirir o hábito da comunhão diária com Deus e seremos elevados nas asas do poder e da aspiração. É essencial que coloquemos intensa seriedade em nossos exercícios devocionais, caso contrário, nossa repetição monótona torna-se mero hábito e corremos o risco de dizer somente palavras vazias. Quando nos dedicamos sincera e inteiramente ao mais elevado que temos em nós, sentimos que a oração é o método mais poderoso de crescimento da alma.

Uma das preces que deveríamos repetir constantemente é a:

 

ORAÇÃO DO ESTUDANTE ROSACRUZ

"Oh Deus, aumenta o meu amor por Ti,

para que eu possa servir-Te melhor cada dia que passa,

Faz com que as palavras da minha boca

E as meditações do meu coração

Sejam gratas a Tua Presença,

Oh Senhor, minha Força e meu Redentor"

 

São Paulo disse: "Orai incessantemente".

A preocupação e a perplexidade levam-me à oração. E a oração acaba com a perplexidade e a preocupação. - Melanchthon.

A oração é o pulso da alma renovada, e a constância de sua pulsação é a melhor prova e medida da vida espiritual. - O. Winslow.

Felizes aqueles que sinceramente associam a oração e o trabalho até que Deus responda a um e recompense o outro. - S. I. Prime.

A Oração do Senhor contém a soma total da religião e da moralidade. - Wellington.

Mais coisas se realizam através da oração, do que sonha este mundo - Tennyson.

A Oração é a asa com a qual a alma voa para o céu, e a meditação é o olho com o qual vemos Deus. - Sto. Ambrósio.

 

HOME

TEMAS ROSACRUZES

MAPA DO SITE